sábado, 27 de fevereiro de 2010

So where does my heart belong?


Quando uma relação não funciona, há que continuar em frente. E quando uma sucessão destas falha, o caminho é o mesmo. Cair, torna-se inevitável e levantar torna-se imperativo para conseguirmos continuar. As pessoas desiludem, nós desiludimos, os outros desiludem-nos, é quase que uma verdade universal, irrefutável. E quando nos magoaram mais do que sabemos conseguir aguentar mantendo o que somos integralmente, a solução é mandar tudo para trás das costas e escolher o caminho que continua em frente, sem olhar para trás mais do que o minimo possível.
É lavar a cara, fechar as portas, descansar e recuperar, o que tenho agora. Quando me sentir pronta irei abrir as janelas. As memórias, essas continuam para um dia, quando tiver novamente que escolher, me lembrarem dos caminhos inviáveis.

1 comentário:

MS disse...

Gostei da tua atitude face a isso! Agora é mesmo preciso muita força... :x

Publicar um comentário